Destruindo a justiça

Por Elizânio Silva

O presidente do STF (Superior Tribunal Federal), ministro Gilmar Mendes, determinou que oito deputados estaduais de Alagoas retomem seus mandatos. Eles estavam afastados dos cargos  por suspeita de improbidade administrativa na Assembleia Legislativa do estado. A suspeita foi evidenciada na investiagação da Policia Federal, intitulada de Operação Taturana. Segundo as investigações os desvios podem chegar a R$ 300 milhões.

A determinação do ministro Gilmar Mendes demonstra sua truculência no comando do STF. Há alguns meses o ministro Joaquim Barbosa disse que Gilmar Mendes estava destruindo a justiça desse país, o que torna-se evidente numa atitude como essa. Esses parlamentares deveriam continuar afastados da Assembleia até que as investiagações fossem encerradas.

A justificativa para o retorno dos deputados é de que não cabe a justiça comum julgá-los.

Por que, são melhores que os cidadãos comuns?

Anúncios

0 Responses to “Destruindo a justiça”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: