Não se engane: Tiririca é exceção

Lauro Jardim do Radar Online

O fenômenoTiririca – que entra na última semana de campanha como o campeão de intenção de votos para deputado federal em São Paulo, segundo a última pesquisa Ibope – levou muita gente a instituir uma verdade absoluta: candidato-celebridade é a garantia dos partidos para garantir a eleição de mais um monte de políticos ruins de voto, todos montados na garupa dos votos alheios. 

Com Tiririca (cuja cartilha que está sendo distribuída aos eleitores é reproduzida acima), lançado pelo PR, está sendo assim. Mas, de acordo com a última pesquisa Ibope para deputado federal em todo o país, trata-se de uma exceção.

Romário, que deve ser o segundo mais votado no Rio de Janeiro, é outra exceção. Netinho de Paula, outra.  O resto  – uma turma que vai da Mulher-Pêra e Vampeta a Moacyr Franco e Marcelinho Carioca, passando por Reginaldo Rossi e Maguila – não deve se eleger. E, se forem eleitos, não serão de modo algum campeões de votos.

0 Responses to “Não se engane: Tiririca é exceção”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: